segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

natal, não é seu aniversário, é o de Jesus, a Festa é dEle...presentes também..

natal, não é seu aniversário, é o de Jesus,
a Festa é dEle...presentes também..


minha mente .é de Jesus
e a sua também é..
está escrito na bíblia
eu já li e creio nela
depois que amadureci
quando me aposentei
do magistério, busquei

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Olá Curitibaaa..Olá Mundooooo..Curiosidadeee, sobre Copas do Mundo de 30...

"Carnaval ..do Saber.../Carnaval do Saber..Educativo.."

vídeo "006" intitulado :Meu Jeito de Ensinar Cantando..

Professora Cida Oliveira: Criança Viaje-

Professora Cida Oliveira: Criança Viaje-

Meu vídeo..de testemunho..deu o que falar..na Internet..né evangélica..c...

Insetos.."a missão deles..na natureza.."-4ª parte do 3º bloco..de vídeos..

poetadeira e seus vídeos.partlhados no '"twitter" 2ª parte.(conta de Ma...

poetadeira e seus vídios partilhados 1ª Parte ..na sua conta do twitter ...

" passando a limpo em vídeo, ( poemas meus, ).da ..década de 90.. .1ª...

a quem interessar possa, vou continuar com "poetadeira" no youtube, não ...

..eu sempre digo: "se for da vontade de Deus me caso novamente.."

sexta-feira, 24 de julho de 2015

"em ..agradecimento ao nosso Deus..pela cura da amiga..Vânia.."

Projeto.."relembrando como..eu ensinava as dez clases.. (língua portugue...

poetadeira e seus vídeos.partlhados no '"twitter" 2ª parte.(conta de Ma...

Tema Transversal-Trânsito-paródia..(..letra da prof Maria Aparecida de O...

assisti os famosos da internet, hoje, "olha só meu vídeo.."

Oração de Poder contra "inveja e ciúme..encontrada na Internet.."

paródia da tabuada..ensine e aprenda..é mais fácil galera!

" a ...muito tempo...não ouço me chamar de querida.."

"1ª TRANSMISSÃO..AO VIVO..DIRETO DA MINHA CASA EM CURITIBA-PARANÁ-BRASIL...

Coloquei um pouco de vinho na água, por essa palavra"1Timóteo 5:23 "

"cantando meu Brasil .em paródia..e ou estados nas regiões.."

segunda-feira, 6 de julho de 2015

em versos livres.."sistemas econômicos da antiguidade.."

Domingo, 5 de Abril de 2009
EM VERSOS LIVRES…”SISTEMAS ECONÔMICOS DA ANTIGUIDADE”
EM VERSOS LIVRES “SISTEMAS ECONÔMICOS DA ANTIGUIDADE”
autor: Maria Aparecida de Oliveira-Curitiba-Paraná-Brasil
escrito em 03-04-09
-1-
Pra começo de conversa…
hoje resolvi falar…
sobre: “Sistemas Econômicos’…
que minha filha está a estudar…
-2-
Pretendo me ater…somente…
aos primeiros lá da antiguidade…
que que se constituem …na “base”
para a compreensão dos demais…
-3-
Do período neolítico…agora…
falaremos com carinho
lembrando: da caça, da pesca e coleta…
e do homem predador como vivia…
-4-
O homem neolítico, começou a perceber…
que as sementes e ou caroços que ele jogava…
começou a brotar e nascer plantinhas…
e esperou…para ver no que elas davam…
-5-
Então esse homem nômade…acredito…
que vivia constantemente a se mudar…
quando acabava o alimento na região…
se preocupava…em como a prole sustentar!
-6-
E, com certeza…houve a necessidade…
de se “fixar’…isto é…ser sedentário…
e o grupo aumentando de tamanho…
se organizam sob as normas do trabalho…
-7-
Acredita-se que ao optarem por morar…
muito mais tempo num mesmo lugar…
os primeiros passos da agricultura…
no neolítico, o homem dá!
-8-
E, ao invés de só coletar…
da natureza…o alimento…
fase nova se inicia…
ele agora vai plantar!
-9-
Plantar e interferindo…
nesse meio-ambiente, a saber…
o homem constrói: pontes, açudes,etc…
que lhe permite e melhora o viver!
-10-
Ele passou de nômade…predador…
para sedentário…diz a História…
porque usou a sua inteligência…
de maneira radical e vigora…
-11-
Realmente houve uma mudança radical…
em detrimento de sua sobrevivência…
esse homem do período neolítico…
parte para a agricultura, embora, de forma lenta…
-12-
De forma lenta”, porque tiveram…
que descobrir ‘jeitos’ de fertilização…
e o fizeram com muita sabedoria…
é só ver o caso da Mesopotâmia e do Egito, então!
-13-
Foi uma fase, deveras…
muito importante, vou dizer…
E, de “Revolução Neolítica’…
chamado esse período, a entender…
-14-
Nessa fase a agricultura
e a domesticação de animais…
são fatores que a História…
destacou nos seus anais !
-15-
E, também pertence a ela
á Revolução Neolítica…
a fabricação de instrumentos…
de pedra polida á vista….
-16-
E, no período neolítico…
antes de Cristo nascer…
sete mil a três mil anos…
muita coisa a acontecer !
-17-
E o homem dessa época, vejamos…
passa por mudança radical…
passa a viver em comunidade…
e do trabalho coletivo, vai depender…
-18-
“Depender”, no bom sentido…
para que dirima a dúvida…
com aumento demográfico…
o coletivismo…se apruma !
-19-
Agora é primordial, averígue…
a comunidade pensar coletivo…
no bem estar, saúde e social…
e no diferencial de trabalho investir…
-20-
Hoje em dia a gente…diz:
“onde come um come dez…”
mas na prática é ima inverdade…
distante da realidade…
-21-
Realidade que muita das vezes…
deixa muito a desejar…
pois muitos mal tem o que comer…
imagine se não batalharem !
-22-
E, foi isso que aquele homem…
lá do neolítico teve de fazer…
batalhar…pelo sustento…
se sedentário fosse ser !
-23-
Sustento, que nessa fase…
ele precisou providenciar…
ao se tornar sedentário…
novas técnicas a agilizar !
-24-
Muda o tipo de vivência…
quando há transformação…
principalmente…quando elas…
melhoram a vida do homem !
-25-
Então para se ter ideia…
houve diferenciação social…
do trabalho nessa fase…
que tráz novas técnicas…é genial !
-27-
Mas que técnicas foram essas…
alguém pode perguntar…
“fabricação de instrumentos de pedra polida…
cerâmica, e a tecelagem …foi vital…”
-28-
Mas com tanta e tanta…gente
morando numa região…
sentiram a necessidade …
de se organizar eis a questão !
-29-
E a história nos garante…
que é…aí…que se inicia…
o sistema de trocas…
precursor, do comércio, avalia !
-30-
Numa comunidade, se sabe…
que deve se ter o básico…
para prover o sustento…
humano e sociável !
-31-
Nesse aspécto, entendemos…
que é óbvio, que a produção…
“aumentou” de tamanho…
na vida daqueles homens !
-32-
Trabalha aqui…trabalha acolá…
todo dia a batalhar…
cada um na sua habilidade…
que a comunidade fosse precisar !
-33-
Imaginemos, se todo mundo
praticasse uma só profissão…
o que seria do homem…
carecendo das demais…então?
-34-
No tempo do “nomadismo”…
não havia a preocupação…
de demarcar propriedades…
pois eram de todos, ou de um só homem?
-35-
“um só homem”, quer dizer…
de um rei…ou de um faraó…
que quando abordarmos o Egito…
isto irá se esclarecer !
-36-
Agora a coisa muda…
com a vida sedentária…
e a ideia de propriedade…
passa a ser prioritária !
-37-
Sentiu o homem neolítico…
que devia “demarcar”…atenção…
o seu “pedaço” de terra…
e “registrar” seu rebanho…
-38-
Houve a necessidade
de documentar com precisão…
“o volume de produção agrícola”…
o tamanho daterra e do rebanho…
-39-
Dessa feita…eis que surge…
“a invenção da escrita”…
4000 mil anos a.C
é o que a história registra !
-40-
Em nosso tempo a gente…
pesquisa uma região…
quando vamos construir…
vemos se o terreno é bom…
-41-
Isto faz com que as pessoas…
não levem uma invertida…
construindo onde não se deve…
sem antes tomar providências…
-42-
Mas que providências são estas…
é preparar o terreno…
se for encharcado, “drená-lo”…
como manda o “figurino”….
-43-
Daquela época, a história…
resgata:”Civilizações Hidraulícas”…
eram lugares propícios…
para” pisar … plantar e morar”..
-44-
Moradas literalmente falando…
isto é… 1ªs civilizações…
que nasceram nos vales dos rios…
“Tigres e Eufrates “–na Mesopotâmia…
-45-
No final do neolítico…
surge as 1ªs civilizações…
nos leitos dos grandes rios…
lugares adequados pro homem…
-46-
Em torno dos rios “Tigres e Eufrates”
lá na Mesopotâmia, a saber…
e do “Nilo”, no Egito, do “Ganges” e do “Indo”,
na ” Índia”, e do “Amarelo”, na China, vê lá!
-47-
Você já ouviu falar…
num tal de “Crescente Fértil”?
é a área da Mesopotâmia e Egito…
e o “coletivismo” foi palco lá !
-48-
Mais que “coletivismo” é esse?
Respondo…como entendi…
é do trabalho de toda a gente…
numa comunidade a agir !
-49-
Agir, influir, mas de que forma?
Respondo com satisfação…
apesar de regiões privilegiadas…
á beira dos rios, há que ter mudanças….
-50-
Mas que mudanças são estas…
em se tratando dessa região?
Respondo:havia grandes cheias…
nesses rios, que fertilizavam o chão…
-51-
Essa terra anualmente recebia…
das grandes cheias, a “fertilização”…
uma espécie de humus, adubo…
magnífico, para plantação !
-52-
Apesar dessas benésses…
das fertilizaçoes, oriundas…
das grandes cheias dos rios…
houve a interferência do homem…
-53-
Muita mão-de-obra houve…
na construção e manutenção…
de “diques”, “barragens”, e “canais”
“reservatórios”, em pról do homem !
-54-
Eu digo em pról desse homem…
do período que estamos tratando…
nos finais do neolítico…
essa tecnologia ..avançando…
-55-
Mas que tecnologia é essa?
Oras, é a da interferência humana…
na natureza, em que vivem…
pra realizar as mudanças !
-56-
Mudanças, mas que mudanças são estas?
“aquelas”, que suprem necessidades…
como por exemplo:”construir ” diques…
“barragens”,etc…para ser possível…plantar !
-57-
“ser possível”, plantar em épocas…
onde as cheias não davam conta…
regularmente de fertilizar o solo…
para desenvolver bem as plantas !
-58-
“De Civilizações Hidraulícas”…
estas sociedades eram chamadasa…
e por se “fixarem”, ás margens dos rios…
de muita “burocracia”…adotavam…
-59-
Vejamos lá quem vem…
pra explicar esse “babado”…
:era o Estado burocratizado…
que de:”monarquia teocrática”…apelidado !
-60-
E onde ficavam estas terras …
pra melhor se entender?
por exemplo:—a da Mesopotâmia…
é o atual Iraque, a saber !
-61-
Muito habitada ela foi…
pela alta produtividade…
concentrou muita gente…
por isso …o êxito é verdade !
-62-
Desenvolveu-se nessa região
muitas cidades-Estados…
que muito prosperaram…
é o que a história narra…
-63-
Todo mundo já ouviu falar…
na “Babilônia”, país bíblico?
e só pra se ter uma ideia…
é dessa fase, acredita?
-64-
Dizem os historiadores…
que de 1900-1575 a. C
entre outras mais antigas…
comO: “Lagash”, “Agade”, “Assur”…consiste.
-65-
Economicamente a “base”…
da economia mesopotâmica…
segundo a história resgata…
foi a produção agrícola !
-66-
No entanto tanto sucesso…
dessa economia mesopotâmica…
se deve…á “interferência” humana…
pelo processo de irrigar plantas !
-67-
Para plantas ou plantações…
melhor dizendo, pra estudar…
pra época, naquela antiguidade.
eram modernas…se vê !
-68-
“modernas” “evoluidas” e inteligentes…
eram as atividades dessa comunidade…
e o sistema econômico de hoje…
foi “embrionado”…já nessa fase…
-69-
Foi aí…também dessa fase…
que se ouviu falar em “exército”…
pois de uma forma bem precoce
se armavam pela defesa da terra !
-70-
E ao lado de palácios e de templos…
a população ia se formando…
construiam suas cidades…
com o aparato que precisavam…
-71-
Foi assim que grandes sistemas…
econômicos, se formaram…
ao redor do palácio real…
e dos templos habitavam…
-72-
Era de uma obrigatoriedade…
dedicarem parte de seu tempo…
a trabalhar para o rei…
sem salário…foi evidente !
-73-
Nos engenhos e tecelagens reais…
havia a presença de escravos…
mas não se deve a eles…
esses sucessos estáveis !
-74-
Pouco usada era a mão-de-obra
escrava daquela época…
E ao falecer o Senhor de escravo…
escrava que procriava era liberta !
-75-
Ficava livre, a escrava…
após a morte de seu Senhor….
e ainda se estendia a seus filhos…
essa “alforria” á rigor !
-76-
Também é resgate histórico
saber que a escravidão, por dívida…
após três anos, deixava de sê-lo…
ficava livre o indivíduo !
-77-
Tem-se notícia da moeda…
desde finais do 4º milênio a. C
como um “bem” de medida comum…
e de “valor”, instrumento de troca…
-78-
Nesse processo, os bancos…
da Mesopotâmia, fizeram parte…
da vida econômica daqueles povos…
desde seus primórdios , praticavam…
-79-
Praticavam operações padrão
de: “empréstimos”, “juros anuais”
que alcançavam33 por cento para cereais…
e…20 por cento para os metais …
-80-
Ao aproximar-se o nascimento de Cristo…
por volta de 800 anos a saber…
o sistema bancário estava no auge…
muitas operações básicas que hoje se vê !
-81-
E só a título de “filtrar” melhor…
sobre “depósitos”, “juros”, pagavam…
“débitos” em “conta corrente”…
e “transferências” de “fundo”,para outros locais !
-82-
Eta! Economia Mesopotâmica”
com todo o respeito possível…
você já era muito “monetarizada”…
antes do meu Jesus nascer !
-83-
Olá, economia mesopotâmica !
tô te “resgatando”, pra facilitar…
a aprendizagem para os estudantes…
que quiserem ou buscarem te entender !
-84-
Você, ó economia mesopotâmica…
fiquei sabendo…porquê…li…
e sei que você se baseou na agricultura…
da “cevada”, “trigo”, e do “centeio”, eu vi !
-85-
Nossa! Nossa! mas que beleza!
o seu artesanato punjante !
como atividade complementar…
na economia rural, é fascinante !
-86-
Ó Mesopotâmia, fostes tão rica…
riqueza em recursos agrícolas…
mas “pobre” de minérios e de pedras…
de madeira, mesmo tendo tanta palmeira…
-87-
E a argila que muito usastes…
lá no teu cotidiano, ó Mesopotâmia!
(como material básico…) se soube…
foi palco de um comércio externo ativo !
-88-
Tudo era feito para poder
sem dúvida, lá “fora”, trocar…
com produtos que precisavas…
para “suprir”…o que não tinhas…
-89-
Era o”marfim” lá da África…
e o “ouro” lá da Síria…
“madeira”, “mármore” e “basalto”
lá do Líbano, você trazia !
-90-
Nossa! que fiquei, eu sabendo…
que da Ásia Menor, você buscava…
“prata”, “cobre”, e depois da Pérsia e do Alan…
você exportava…”ferro” !
-91-
Tudo isto, você ó Mesopotâmia…
importava de muitos lugares…
entre outros muitos produtos…
que de outros lugares, chegavam…
-92-
E, para quem quiser saber mais…
sugiro que vá á luta…
pesquise e “conte” de um “jeito”…
gostoso de “digerir” …
-93-
Olhe só! o que trago para vocês?
é uma informação bem “quentinha”
“que os bazares das cidades do Oriente Médio…
dão uma ideia de como era a economia que vimos…
-94-
Ora…ora… eu já me cansei…
de ficar “ablando” só da Mesopotâmia…
pois agora vou dar um “giro”…
lá no Egito, pra saber seu costume…
-95-
Costume, é…um jeito de dizer…
que vou falar …do sistema…
econômico desse país…
da antiguidade, do homem!
-96-
Você já ouviu falar…
muito muito em “faraó”…
não sei se foi por filmes…
ou na bíblia, veja só !
-97-
Muito bem visualize um “faraó”…
“mandando” em tudo e todos…
e a economia egípcia…
era para “assegurar” a sobrevivência dele !
-98-
Não somente de sua Alteza…
o faraó…lá do antigo Egito…
mas das camadas superiores…
da sociedade, real, parentes…e amigos….
-99-
“Amigos”, no bom sentido…
familiares e sacerdotes…
e muita gente, nesse sistema…
funcionários administradores…
-100-
Imagine a civilização egípcia…
ao longo do vale do rio Nilo…
literalmente falando…sabemos…
tinha como “base” a irrigação, pro sustento !
NOTA: ESSA É UMA MOSTRA DO QUE SE PODE FAZER
PARA AJUDAR OS JOVENS NA COMPREENSÃO…DE UM TEXTO COMO ESTE ! ( minha filha está estudando esse assunto lá na faculdade e eu resolvi
ajudá-la ….Autor: Maria Aparecida de Oliveira-Curitiba Paraná – Brasil)

"" Alguns..testemunhos do carnezinho (relógio das orações incessantes da...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

mãe é...mãe tem...

o

"MÃE É.. Mãe ...Tem..."(texto poético escrito , na década de 1990.



"

( autor: Maria Aparecida de Oliveira Curitiba Paraná Brasil )

Mãe é rocha,
mãe é firmeza
Mãe, tem que sacudir a poeira...
e seguir em frente...
Mãe tem dores,
mãe, finge não tê-las;
Mãe é casada,
mãe é solteira,
mãe é viuva.
Mãe assume os problemas do filho...
Mãe é da gente,
ninguém deve e nem pode magoar...
Mãe da gente,
é santa, que a gente "coloca num altar"...
Mãe é do guarda,
mãe é do médico,
mãe é do rico,
mãe é do pobre,
mãe é do mecânico,
mãe é do professor, do presidente,
do pedreiro e do lavrador...
Mãe é de Jesus
o Redentor...
todas, merecem o nosso "louvor"
Mãe é saber,
mãe é cultura,
mesmo se "ignorante" for...
Mãe é bússola,
que aponta,
para a trilha do amor!
Mãe, é acalento,
mãe é gostoso te abraçar...
beijar a tua fronte,
sentir-te próxima ao peito,
com a emoção a cantarolar...
Mãe é sucesso,
mesmo, quando fracassa...
Mãe a gente não imagina...
jamais morrer...
cadê coragem,
pra sem ela se viver?
Mãe é sol,
mãe é luz,
mãe é água,
que a fonte conduz...
Mãe é lírio, que desabrocha,
nos campos...
Mãe é livro do Criador,
que nos faz ler,
em versos o seu amor!
Mãe é verbo pra se 'conjugar",
mãe é tabuada pra se "decorar",
mãe só adormece serenamente...
quando o filho, chega em casa.
Mãe é natureza das plantas e animais,
alimenta os seus filhos,
com o néctar, dos ancestrais!
Mãe é tagarela,
mãe é doce...
mãe é vida,
mãe não cobra do filho, o que é seu...
mãe dá, sem pensar em receber.
Mãe enxerga de longe,
o que o filho, tenta esconder!
Mãe é "gigante"...
carrega do berço até o altar...
MÃE É ...MÃE TEM...
tudo na vida,
que aos filhos, CONVÊM!!!
Aventureira das palavras
Enviado por Aventureira das palavras em 08/05/2010
Código do texto: T2244805
Classificação de conteúdo: seguro

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Escrito por:Maria Aparecida de Oliveira 
Sex, 06 de Março de 2009
(este texto, que estou enviando para vocês foi extraído do acervo de minhas paródias, para a Educação, que já ultrapassam, mais de duzentas...e, que já foi muito utilizado na escola municipal de Curitiba, onde trabalhei por mais de vinte anos. Á principio pensei estar cantando o presente texto, sob a melodia "Ô JARDINEIRA PORQUE ESTAIS TÃO TRISTE...melodia de carnaval..mas logo me dei conta que o Senhor Deus, me abençoou ,com letra e música, ou seja:um hino de alerta contra a Dengue, intitulado: "Sou Brasileiro" nota: disponho de outros textos, sobre a Dengue, nas melodias( Ciranda Cirandinha, O Cravo Brigou Com a Rosa...etc..)

SOU BRASILEIRO

Sou brasileiro e o dever me chama,
pra combater o AEDES AEGYPTY
Em meu quintal evitar entulhos
Água limpa, em vasilhame sem tampa
REFRÃO: Sou brasileiro, minha saúde.
depende de mim, e, também do meu vizinho,
evitar esse danado o mosquito listradinho
Sou brasileiro e o dever me chama
pra arregaçar bem as minhas mangas,
para lembrar que até casca de ovo
tampinha de garrafa é o que ele ama!!!
REFRÃO:Sou brasileiro,
Minha saúde,
Depende de mim
E também do meu vizinho,
Evitar esse danado, o mosquito listradinho
Sou brasileiro e o dever me chama
Pra combater o AEDES AEGYPTY
Vidros, latas e pneus vazios
Com água limpa é o local do ninho!!
Última atualização ( Sex, 19 de Fevereiro de 2010 )
 

hino da dengue( Sou Brasileiro. )

Escrito por:Maria Aparecida de Oliveira
Sex, 06 de Março de 2009
(este texto, que estou enviando para vocês foi extraído do acervo de minhas paródias, para a Educação, que já ultrapassam, mais de duzentas...e, que já foi muito utilizado na escola municipal de Curitiba, onde trabalhei por mais de vinte anos. Á principio pensei estar cantando o presente texto, sob a melodia "Ô JARDINEIRA PORQUE ESTAIS TÃO TRISTE...melodia de carnaval..mas logo me dei conta que o Senhor Deus, me abençoou ,com letra e música, ou seja:um hino de alerta contra a Dengue, intitulado: "Sou Brasileiro" nota: disponho de outros textos, sobre a Dengue, nas melodias( Ciranda Cirandinha, O Cravo Brigou Com a Rosa...etc..)

SOU BRASILEIRO

Sou brasileiro e o dever me chama,
pra combater o AEDES AEGYPTY
Em meu quintal evitar entulhos
Água limpa, em vasilhame sem tampa
REFRÃO: Sou brasileiro, minha saúde.
depende de mim, e, também do meu vizinho,
evitar esse danado o mosquito listradinho
Sou brasileiro e o dever me chama
pra arregaçar bem as minhas mangas,
para lembrar que até casca de ovo
tampinha de garrafa é o que ele ama!!!
REFRÃO:Sou brasileiro,
Minha saúde,
Depende de mim
E também do meu vizinho,
Evitar esse danado, o mosquito listradinho
Sou brasileiro e o dever me chama
Pra combater o AEDES AEGYPTY
Vidros, latas e pneus vazios
Com água limpa é o local do ninho!!
Última atualização ( Sex, 19 de Fevereiro de 2010 ) em:"autores.com.br
 

Senhor, tem misericórdia de nós, por ti temos esperado; sê tu o nosso braço cada manhã, como também a nossa salvação no tempo da tribulação. Isaías 33:2

Senhor, tem misericórdia de nós, por ti temos esperado; sê tu o nosso braço cada manhã, como também a nossa salvação no tempo da tribulação.

Isaías 33:2

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Eis aqui um dos projetos de minha autoria, incrito no (Projeto:Vale Saber em 2001 pela escola onde trabalhava em Curitiba intitulado:projeto " A importância da energia elétrica na questão da qualidade de vida através da Educação"

Maria Aparecida de Oliveira
06/03/2010 às 22:10

segunda-feira, 9 de junho de 2008
EIS AQUI UM DOS “PROJETOS’ DE MINHA AUTORIA, INSCRITO NO (PROJETO VALE SABER EM 2001, PELA ESCOLA ONDE TRABALHAVA…em Curitiba.
Projeto:”A IMPORTÂNCIA da ENERGIA ELÉTRICA-NA QUESTÃO da
QUALIDADE de VIDA ATRAVÉS da EDUCÃÇÃO”
Nota:escrevi o projeto, em apenas uma semana. Convidei mais
cinco amigas, para juntas “propormos” ao Vale Saber…No
entanto, para surpresa nossa, somente, eu professora Maria
Aparecida de Oliveira e outra colega a Ilda…(professora de
Educação Física, foi, quem executamos, o presente projeto
envolvendo:alunos de 1ª á 4ª séries, e de 5ª á 8ª, do Ensino
Fundamental, visto que as demais proponentes não tiveram
seus nomes aprovados, pelo órgão competente,
e desta feita tivemos que “tocar o barco em duas…” A
Temática de Interesse:Proteção ao Meio Ambiente e a
Área do Conhecimento :Ciências. Já a Forma de
Capacitação, vinculou-se na Metodologia Alternativa
para Construção do Êxito Educacional, e esteve sob
a responsabilidade da autora da idéia, bem como,
também, da elaboração da Proposta Preliminar.
Nesse enfoque, tomo a liberdade, sob o prazer, de contribuir com a
Educação, até mesmo do Brasil, e, porque não dizer, com alguns
textos que foram também criados por mim, para que possam ser
“utilizados” em outras escolas, por esse querido Brasil …áfora…

AGORA ALGUNS TEXTOS (que foram trabalhados no projeto …)
1- >título: “Informar Pra Economizar”
texto de professora Maria Aparecida de Oliveira
em 14-06-01 criado para fazer parte da presente proposta,
melodia-> Havia Uma Barata…

Existe no Brasil
muitos rios de planalto
que permitem a instalação
de usinas, em seus saltos!

do ré mi fá , fá fá
do ré do ré, ré ré
do sol , fa mi, mi mi
do ré , do ré, ré ré!

Havia desperdício
no chuveiro lá de casa,
o meu “banho” era tão longo,
que meu corpo até “sonhava”

Refrão…

Existe algo sério,
que eu devo então fazer,
consumir pouca energia
para o meu país viver!

Refrão…

Havia pouco tempo
eu gastava muita luz,
mas, juro, não sabia
que podia escassear!

Existe muita gente
num blá, blá, blá, blá, blá, blá!
falando da energia
que nós temos que poupar!

Refrão…

Por isso, minha gente,
o jeito é se informar,
e a cidadania,
pede alto pra ajudar!

2->texto:”ENERGIA” (melodia ->”Me dá Um Dinheiro Aí…”
nota: não cito o autor, dessa melodia, por não ter na lembrança, no
momento, sei que se trata de uma melodia de carnaval…por sinal,
muito apreciada.Esse texto foi escrito por Maria Aparecida de
Oliveira.
“ENERGIA”

Ei! você aí?
não abuse da energia,
não abuse da energia!
Não vá abusar
não vale a pena não!
desligue várias lâmpadas,
não fique no apagão!

Ei! você aí!
Não abuse da energia
não abuse da energia!
Não vá passar da “cota permitida”
senão, cortam tua luz
e o escuro é a guarida!

Ei! você aí!
não abuse da energia
não abuse da energia!
Não vá abusar
não vale á pena, não,
se ligue em “São Pedro’,
vem chuva de montão!

3º texto->”ENCHENTE”->letra de Maria Aparecida de Oliveira,
melodia->”Asa Branca, de Luis Gonzaga…”

Quando ví a tempestade
cachoeira lá dos céus
Eu me adiantei, bem apressada, aí!
para acudir o meu casebre!

Que aguaceiro que escuro,
estava o céu de prontidão,
e os bairros todos de minha cidade,
bebendo água, em goles grandes!

Refrão:Então clamei
ó! Deus bendito,
pare essa chuva!
por Jesus Cristo!

Quando ví a tempestade,
chuva tão forte com granizo,
e os bueiros, não suportando,
tão entupidos com tanto lixo!

Refrão…

Hoje a chuva tá violenta,
tá uma grande confusão,
e os pais, chegando cá na escola,
“buscar os filhos com segurança”

Refrão…

Enquanto isso, desabrigados,
não tendo ,nem onde ficar…
suas coisas sendo arrastadas,
na fúria d`´agua, ao Deus dará…

Refrão…

Naquele instante, valeu a pena
se lembrar de prevenir,
é mais barato, jogar o lixo,viu?
no lugar certo, viu? meu grande amigo!

Quando ví a tempestade
precedida de trovão
e os raios todos só faiscando,
e assustando a multidão

Refrão…

Naquele instante, meu Deus me ouviu
parou a chuva,como um milagre,
e os céus se abriram feito uma flor,
tudo,voltou á estiagem…

4º texto->”RIOS DE CURITIBA”
(texto escrito por Maria Aparecida de Oliveira, em 13-06-01, melodia:
Terezinha de Jesus e ou Ciranda cirandinha )

O rio é importante
move moinhos e hidro elétricas,
ele fornece água pra gente,
peixe gostoso, pra nós á bessa!

Em Curitiba, bela cidade,
eu conheço muitos rios…
Barigui, Iguaçú,
Rio Belém e Rio Ivo!

Bem no meio de duas cidades,
o Iguaçú, então apareceu,
Curitiba, São José dos Pinhais
servem de “leito” por onde seguem…

Grande importância, tem esse rio,
o Iguaçú, que todos conhecem,
entre todos os da cidade,
de Curitiba, ele é o Mestre!

Outros rios afluentes dele,
“em sua casa”, o Iguaçú recebe:
o Bariguí, Belém e Atuba
Ribeirão dos Padilhas, que só ingressam…

Passando lá no Passeio Público,
o Rio Belém, vamos encontrar,
e o Bariguí, “cortando” a cidade,
de norte a sul, vamos ver lá!

O Rio Ivo, ó! caras crianças!
a Zacarias, ele atravessa
há muito tempo , “serve de esgoto”,
para o Belém, que com pressa desce…

E, “separando”, duas cidades,
Curitiba e Araucária,
o Bariguí, avante segue,
segue, avante, na caminhada!

Ao seguir para Colombo,
o Rio Atuba, nós, encontramos,
ele, “separa”, nossa cidade,
daquela outra, terra da “uva”…

Quando vamos para Pinhais,
vemos algo interessante,
o Rio Atuba, só “separando”
Curitiba, em poucos instantes”!

E, Curitiba e Campo Largo,
de Almirante Tamandaré,
quem “separa” é o Passaúna,
viva o rio, olé! olé!

E, ASSIM… ENTRE MÚSICAS  E ATIVIDADES LÚDICAS, SE FEZ …
Postado por Professora Cida Oliveira às 16:50 0 comentários Links para esta postagem

“FIQUE ALERTA NO VERDE” (texto de Maria Aparecida de Oliveira- escrito em 14-08-98 e refeito em 20-09-01 pela própria attora…)
nota: escrevi esse texto “pensando” naquela música;”As Luzes da Cidade
de Leandro e Leonardo, mas especialmente, no que se refere ao refrão,
e, acreditem, somente com o intuíto, de facilitar a apreensão desse
conhecimento, para os meus queridos alunos, literalmente, em 1ª mão
nas escolas onde trabalhava…

FIQUE ALERTA NO VERDE
As plantas são vegetais na natureza
são seres vivos, mas que beleza
tapete verde, que reveste a terra
alimento nobre, cá da Biosfera
Refrão:Fique alerta, no que vou dizer…
as plantas sentem, e, podem até morrer,
se o “bicho homem…não compreender,
que elas existem, mas podem acabar…
se o “ser humano”, não as respeitar!!!
As plantas são vegetais na natureza
Tem o mesmo ciclo, que a gente tem…
(nascem, crescem, e se “reproduzem”…),
e vão morrendo, neste ambiente…
mas acontece que o homem, quando é “insensível”,
lhe adoece com suas queimadas,
e as levam á morte com a derrubada

Refrão
 :
Fique alerta no que vou dizer
as plantas sentem e podem até morrer
se o bicho homem, não compreender,
que elas existem, mas podem acabar
se o “ser humano”, não as respeitar!!!
As plantas existem de diversos tipos
as da floresta e das plantações
valendo elas mais que o ouro vivo,
porque, sem elas, não existem vida

Refrão

:Fique alerta no que vou dizer
as plantas sentem e podem até morrer
se o bicho homem, não compreender,
que fazem parte do seu florescer!
As plantas são:comida, casa, e roupas,
são remédio e limpam o ar pra se respirar…
sem elas, não haveria, “nem cadeia alimentar”!
Os animais, comendo… plantas e, se alimentando,
e o homem sapiens, no seu sábio paladar!


Refrão:

Fique alerta no que vou dizer
as plantas, são como “eu e você”…
cada parte tem a sua função :
 raíz, caule, as folhas, semente e flores, então
e frutos saborosos desse verde á mão)
As plantas, fabricam o seu próprio alimento…
na suavidade de Deus Criador Amado,
com os “braços de suas raízes”, sugam…
da terra, sais minerais, e, a água fresca
e a luz do sol e do calor divino,
um banquete energético , alimentar, produzem


Refrão:

Fique alerta no que eu vou dizer,
milagre lindo está a acontecer
é a Fotossíntese, no seu verde ser!!!
Postado por Professora Cida Oliveira às 15:21 0 comentários Links para esta postagem


PARÓDIA “CARTILHA

Postado por Professora Cida Oliveira às 14:08 0 comentários Links para esta postagem
sexta-feira, 6 de junho de 2008

MEIO_AMBIENTE- “OS INSETOS NOS ECOSSISTEMAS”
( esse texto foi escrito pela professora; Maria Aparecida de Oliveira,para
ser trabalhado com os alunos do colégio, onde atuava, em 2006, na
rede municipal de Curitiba, utilizando-se da “rima” objetivando
facilitar o acesso ao assunto, na perspectiva de “aguçar” a curiosidade
do aluno, para que sinta-se motivada a guisa de pesquisa, sobre o
estudo do: Meio -ambiente, notadamente, no que se concerne a
importância da vida das espécies nos vários ecossistemas da terra.
escrito, em 11-05-06.

Você sabia meu amiguinho
que como todos seres viventes,
também merecem nossa atenção
os insetos, é evidente?

Quando lembramos de insetos
até a nossa pele se arrepia…
e só de pensar neles, ás vezes,
nos dá certo nojo e agonia…

Todavia, nem imaginamos,
a necessidade, que suprem
no ambiente em que vivemos
a sua “função” eles cumprem.

Não devemos …somente, nós
pensar os insetos como “ruins”
ou “prejudiciais” aos humanos
mas, na sua importância, afim…

Eles, os insetos, fiquemos sabendo,
integram o sistema trófico, a ser…
e a parte da Biologia, que os estuda,
é chamada de Antomologia, é só ver!

Alguns insetos, nós sabemos
muito bem ao homem. fazem…
fornecendo o mel e a cera
como a abelha,que é ‘viável”

Existem outros que fornecem
fios de seda e matéria corante
e os usados no controle,
biológico, de tantas ‘pragas’…

Outros insetos, amiguinhos,
causam ás vezes, grandes danos
direta ou indiretamente…
á saúde dos humanos…

Os insetos que “funcionam”,
como “vetores” de germes,
patogênicos, mas que tristeza,
esses insetos nos ferem!

A verdade verdadeira é :
“que todos insetos são úteis”
equilibram a natureza,sabias?
mesmo parecendo tão fúteis.

E nossa vida no planeta,
sem “insetos”, seria impossível
um exemplo, os cupins,
que trabalham tão incrível!

Os cupins, meu amiguinho,
necessários, eles são…
para “transformar” os troncos
de árvores velhas, em adubo,

em adubo, para a terra,
quando as árvores caem no chão
já depois de bem velhinhas
elas entram em decomposição!

Moscas, larvas, e besouros
responsáveis, eles são…
decompondo todos mortos,
animais desse mundão.

Alterando, ou destruindo
os ambientes naturais,
os insetos, incomodam,
invadindo, nossos lares!

É preciso que evitemos,
criadouros de insetos,
não jogando nosso lixo,
no lugar que não é certo!

Se as cidades crescem tanto
se adentram nas áreas  verdes
e, ocupando novos espaços
“sem teto’, os bichos,se defendem…

Um exemplo de mosquito,
que ataca a humanidade,
é o tal “Aedes Aegypht
ty…
transmissor, então, da Dengue!

marchinha de carnavai.."Quem você pensa..que você é.."

Oração de Poder contra "inveja e ciúme..encontrada na Internet.."

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015


EM VERSOS LIVRES…”SISTEMAS ECONÔMICOS DA ANTIGUIDADE”
EM VERSOS LIVRES “SISTEMAS ECONÔMICOS DA ANTIGUIDADE”
autor: Maria Aparecida de Oliveira-Curitiba-Paraná-Brasil
escrito em 03-04-09
-1-
Pra começo de conversa…
hoje resolvi falar…
sobre: “Sistemas Econômicos’…
que minha filha está a estudar…
-2-
Pretendo me ater…somente…
aos primeiros lá da antiguidade…
que que se constituem …na “base”
para a compreensão dos demais…
-3-
Do período neolítico…agora…
falaremos com carinho
lembrando: da caça, da pesca e coleta…
e do homem predador como vivia…
-4-
O homem neolítico, começou a perceber…
que as sementes e ou caroços que ele jogava…
começou a brotar e nascer plantinhas…
e esperou…para ver no que elas davam…
-5-
Então esse homem nômade…acredito…
que vivia constantemente a se mudar…
quando acabava o alimento na região…
se preocupava…em como a prole sustentar!
-6-
E, com certeza…houve a necessidade…
de se “fixar’…isto é…ser sedentário…
e o grupo aumentando de tamanho…
se organizam sob as normas do trabalho…
-7-
Acredita-se que ao optarem por morar…
muito mais tempo num mesmo lugar…
os primeiros passos da agricultura…
no neolítico, o homem dá!
-8-
E, ao invés de só coletar…
da natureza…o alimento…
fase nova se inicia…
ele agora vai plantar!
-9-
Plantar e interferindo…
nesse meio-ambiente, a saber…
o homem constrói: pontes, açudes,etc…
que lhe permite e melhora o viver!
-10-
Ele passou de nômade…predador…
para sedentário…diz a História…
porque usou a sua inteligência…
de maneira radical e vigora…
-11-
Realmente houve uma mudança radical…
em detrimento de sua sobrevivência…
esse homem do período neolítico…
parte para a agricultura, embora, de forma lenta…
-12-
De forma lenta”, porque tiveram…
que descobrir ‘jeitos’ de fertilização…
e o fizeram com muita sabedoria…
é só ver o caso da Mesopotâmia e do Egito, então!
-13-
Foi uma fase, deveras…
muito importante, vou dizer…
E, de “Revolução Neolítica’…
chamado esse período, a entender…
-14-
Nessa fase a agricultura
e a domesticação de animais…
são fatores que a História…
destacou nos seus anais !
-15-
E, também pertence a ela
á Revolução Neolítica…
a fabricação de instrumentos…
de pedra polida á vista….
-16-
E, no período neolítico…
antes de Cristo nascer…
sete mil a três mil anos…
muita coisa a acontecer !
-17-
E o homem dessa época, vejamos…
passa por mudança radical…
passa a viver em comunidade…
e do trabalho coletivo, vai depender…
-18-
“Depender”, no bom sentido…
para que dirima a dúvida…
com aumento demográfico…
o coletivismo…se apruma !
-19-
Agora é primordial, averígue…
a comunidade pensar coletivo…
no bem estar, saúde e social…
e no diferencial de trabalho investir…
-20-
Hoje em dia a gente…diz:
“onde come um come dez…”
mas na prática é ima inverdade…
distante da realidade…
-21-
Realidade que muita das vezes…
deixa muito a desejar…
pois muitos mal tem o que comer…
imagine se não batalharem !
-22-
E, foi isso que aquele homem…
lá do neolítico teve de fazer…
batalhar…pelo sustento…
se sedentário fosse ser !
-23-
Sustento, que nessa fase…
ele precisou providenciar…
ao se tornar sedentário…
novas técnicas a agilizar !
-24-
Muda o tipo de vivência…
quando há transformação…
principalmente…quando elas…
melhoram a vida do homem !
-25-
Então para se ter ideia…
houve diferenciação social…
do trabalho nessa fase…
que tráz novas técnicas…é genial !
-27-
Mas que técnicas foram essas…
alguém pode perguntar…
“fabricação de instrumentos de pedra polida…
cerâmica, e a tecelagem …foi vital…”
-28-
Mas com tanta e tanta…gente
morando numa região…
sentiram a necessidade …
de se organizar eis a questão !
-29-
E a história nos garante…
que é…aí…que se inicia…
o sistema de trocas…
precursor, do comércio, avalia !
-30-
Numa comunidade, se sabe…
que deve se ter o básico…
para prover o sustento…
humano e sociável !
-31-
Nesse aspécto, entendemos…
que é óbvio, que a produção…
“aumentou” de tamanho…
na vida daqueles homens !
-32-
Trabalha aqui…trabalha acolá…
todo dia a batalhar…
cada um na sua habilidade…
que a comunidade fosse precisar !
-33-
Imaginemos, se todo mundo
praticasse uma só profissão…
o que seria do homem…
carecendo das demais…então?
-34-
No tempo do “nomadismo”…
não havia a preocupação…
de demarcar propriedades…
pois eram de todos, ou de um só homem?
-35-
“um só homem”, quer dizer…
de um rei…ou de um faraó…
que quando abordarmos o Egito…
isto irá se esclarecer !
-36-
Agora a coisa muda…
com a vida sedentária…
e a ideia de propriedade…
passa a ser prioritária !
-37-
Sentiu o homem neolítico…
que devia “demarcar”…atenção…
o seu “pedaço” de terra…
e “registrar” seu rebanho…
-38-
Houve a necessidade
de documentar com precisão…
“o volume de produção agrícola”…
o tamanho daterra e do rebanho…
-39-
Dessa feita…eis que surge…
“a invenção da escrita”…
4000 mil anos a.C
é o que a história registra !
-40-
Em nosso tempo a gente…
pesquisa uma região…
quando vamos construir…
vemos se o terreno é bom…
-41-
Isto faz com que as pessoas…
não levem uma invertida…
construindo onde não se deve…
sem antes tomar providências…
-42-
Mas que providências são estas…
é preparar o terreno…
se for encharcado, “drená-lo”…
como manda o “figurino”….
-43-
Daquela época, a história…
resgata:”Civilizações Hidraulícas”…
eram lugares propícios…
para” pisar … plantar e morar”..
-44-
Moradas literalmente falando…
isto é… 1ªs civilizações…
que nasceram nos vales dos rios…
“Tigres e Eufrates “–na Mesopotâmia…
-45-
No final do neolítico…
surge as 1ªs civilizações…
nos leitos dos grandes rios…
lugares adequados pro homem…
-46-
Em torno dos rios “Tigres e Eufrates”
lá na Mesopotâmia, a saber…
e do “Nilo”, no Egito, do “Ganges” e do “Indo”,
na ” Índia”, e do “Amarelo”, na China, vê lá!
-47-
Você já ouviu falar…
num tal de “Crescente Fértil”?
é a área da Mesopotâmia e Egito…
e o “coletivismo” foi palco lá !
-48-
Mais que “coletivismo” é esse?
Respondo…como entendi…
é do trabalho de toda a gente…
numa comunidade a agir !
-49-
Agir, influir, mas de que forma?
Respondo com satisfação…
apesar de regiões privilegiadas…
á beira dos rios, há que ter mudanças….
-50-
Mas que mudanças são estas…
em se tratando dessa região?
Respondo:havia grandes cheias…
nesses rios, que fertilizavam o chão…
-51-
Essa terra anualmente recebia…
das grandes cheias, a “fertilização”…
uma espécie de humus, adubo…
magnífico, para plantação !
-52-
Apesar dessas benésses…
das fertilizaçoes, oriundas…
das grandes cheias dos rios…
houve a interferência do homem…
-53-
Muita mão-de-obra houve…
na construção e manutenção…
de “diques”, “barragens”, e “canais”
“reservatórios”, em pról do homem !
-54-
Eu digo em pról desse homem…
do período que estamos tratando…
nos finais do neolítico…
essa tecnologia ..avançando…
-55-
Mas que tecnologia é essa?
Oras, é a da interferência humana…
na natureza, em que vivem…
pra realizar as mudanças !
-56-
Mudanças, mas que mudanças são estas?
“aquelas”, que suprem necessidades…
como por exemplo:”construir ” diques…
“barragens”,etc…para ser possível…plantar !
-57-
“ser possível”, plantar em épocas…
onde as cheias não davam conta…
regularmente de fertilizar o solo…
para desenvolver bem as plantas !
-58-
“De Civilizações Hidraulícas”…
estas sociedades eram chamadasa…
e por se “fixarem”, ás margens dos rios…
de muita “burocracia”…adotavam…
-59-
Vejamos lá quem vem…
pra explicar esse “babado”…
:era o Estado burocratizado…
que de:”monarquia teocrática”…apelidado !
-60-
E onde ficavam estas terras …
pra melhor se entender?
por exemplo:—a da Mesopotâmia…
é o atual Iraque, a saber !
-61-
Muito habitada ela foi…
pela alta produtividade…
concentrou muita gente…
por isso …o êxito é verdade !
-62-
Desenvolveu-se nessa região
muitas cidades-Estados…
que muito prosperaram…
é o que a história narra…
-63-
Todo mundo já ouviu falar…
na “Babilônia”, país bíblico?
e só pra se ter uma ideia…
é dessa fase, acredita?
-64-
Dizem os historiadores…
que de 1900-1575 a. C
entre outras mais antigas…
comO: “Lagash”, “Agade”, “Assur”…consiste.
-65-
Economicamente a “base”…
da economia mesopotâmica…
segundo a história resgata…
foi a produção agrícola !
-66-
No entanto tanto sucesso…
dessa economia mesopotâmica…
se deve…á “interferência” humana…
pelo processo de irrigar plantas !
-67-
Para plantas ou plantações…
melhor dizendo, pra estudar…
pra época, naquela antiguidade.
eram modernas…se vê !
-68-
“modernas” “evoluidas” e inteligentes…
eram as atividades dessa comunidade…
e o sistema econômico de hoje…
foi “embrionado”…já nessa fase…
-69-
Foi aí…também dessa fase…
que se ouviu falar em “exército”…
pois de uma forma bem precoce
se armavam pela defesa da terra !
-70-
E ao lado de palácios e de templos…
a população ia se formando…
construiam suas cidades…
com o aparato que precisavam…
-71-
Foi assim que grandes sistemas…
econômicos, se formaram…
ao redor do palácio real…
e dos templos habitavam…
-72-
Era de uma obrigatoriedade…
dedicarem parte de seu tempo…
a trabalhar para o rei…
sem salário…foi evidente !
-73-
Nos engenhos e tecelagens reais…
havia a presença de escravos…
mas não se deve a eles…
esses sucessos estáveis !
-74-
Pouco usada era a mão-de-obra
escrava daquela época…
E ao falecer o Senhor de escravo…
escrava que procriava era liberta !
-75-
Ficava livre, a escrava…
após a morte de seu Senhor….
e ainda se estendia a seus filhos…
essa “alforria” á rigor !
-76-
Também é resgate histórico
saber que a escravidão, por dívida…
após três anos, deixava de sê-lo…
ficava livre o indivíduo !
-77-
Tem-se notícia da moeda…
desde finais do 4º milênio a. C
como um “bem” de medida comum…
e de “valor”, instrumento de troca…
-78-
Nesse processo, os bancos…
da Mesopotâmia, fizeram parte…
da vida econômica daqueles povos…
desde seus primórdios , praticavam…
-79-
Praticavam operações padrão
de: “empréstimos”, “juros anuais”
que alcançavam33 por cento para cereais…
e…20 por cento para os metais …
-80-
Ao aproximar-se o nascimento de Cristo…
por volta de 800 anos a saber…
o sistema bancário estava no auge…
muitas operações básicas que hoje se vê !
-81-
E só a título de “filtrar” melhor…
sobre “depósitos”, “juros”, pagavam…
“débitos” em “conta corrente”…
e “transferências” de “fundo”,para outros locais !
-82-
Eta! Economia Mesopotâmica”
com todo o respeito possível…
você já era muito “monetarizada”…
antes do meu Jesus nascer !
-83-
Olá, economia mesopotâmica !
tô te “resgatando”, pra facilitar…
a aprendizagem para os estudantes…
que quiserem ou buscarem te entender !
-84-
Você, ó economia mesopotâmica…
fiquei sabendo…porquê…li…
e sei que você se baseou na agricultura…
da “cevada”, “trigo”, e do “centeio”, eu vi !
-85-
Nossa! Nossa! mas que beleza!
o seu artesanato punjante !
como atividade complementar…
na economia rural, é fascinante !
-86-
Ó Mesopotâmia, fostes tão rica…
riqueza em recursos agrícolas…
mas “pobre” de minérios e de pedras…
de madeira, mesmo tendo tanta palmeira…
-87-
E a argila que muito usastes…
lá no teu cotidiano, ó Mesopotâmia!
(como material básico…) se soube…
foi palco de um comércio externo ativo !
-88-
Tudo era feito para poder
sem dúvida, lá “fora”, trocar…
com produtos que precisavas…
para “suprir”…o que não tinhas…
-89-
Era o”marfim” lá da África…
e o “ouro” lá da Síria…
“madeira”, “mármore” e “basalto”
lá do Líbano, você trazia !
-90-
Nossa! que fiquei, eu sabendo…
que da Ásia Menor, você buscava…
“prata”, “cobre”, e depois da Pérsia e do Alan…
você exportava…”ferro” !
-91-
Tudo isto, você ó Mesopotâmia…
importava de muitos lugares…
entre outros muitos produtos…
que de outros lugares, chegavam…
-92-
E, para quem quiser saber mais…
sugiro que vá á luta…
pesquise e “conte” de um “jeito”…
gostoso de “digerir” …
-93-
Olhe só! o que trago para vocês?
é uma informação bem “quentinha”
“que os bazares das cidades do Oriente Médio…
dão uma ideia de como era a economia que vimos…
-94-
Ora…ora… eu já me cansei…
de ficar “ablando” só da Mesopotâmia…
pois agora vou dar um “giro”…
lá no Egito, pra saber seu costume…
-95-
Costume, é…um jeito de dizer…
que vou falar …do sistema…
econômico desse país…
da antiguidade, do homem!
-96-
Você já ouviu falar…
muito muito em “faraó”…
não sei se foi por filmes…
ou na bíblia, veja só !
-97-
Muito bem visualize um “faraó”…
“mandando” em tudo e todos…
e a economia egípcia…
era para “assegurar” a sobrevivência dele !
-98-
Não somente de sua Alteza…
o faraó…lá do antigo Egito…
mas das camadas superiores…
da sociedade, real, parentes…e amigos….
-99-
“Amigos”, no bom sentido…
familiares e sacerdotes…
e muita gente, nesse sistema…
funcionários administradores…
-100-
Imagine a civilização egípcia…
ao longo do vale do rio Nilo…
literalmente falando…sabemos…
tinha como “base” a irrigação, pro sustento !
NOTA: ESSA É UMA MOSTRA DO QUE SE PODE FAZER
PARA AJUDAR OS JOVENS NA COMPREENSÃO…DE UM TEXTO COMO ESTE ! ( minha filha está estudando esse assunto lá na faculdade e eu resolvi
ajudá-la ….Autor: Maria Aparecida de Oliveira-Curitiba Paraná – Brasil)

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015